Comprar casa: 10 passos até à sua casa de sonho!

comprar-casa

Comprar casa. Para muitos um sonho, para outros uma verdadeira indecisão. Não existem momentos certos para comprar casa e se essa é a razão pela qual tem adiado esta decisão, coloque pés a caminho. Ninguém pode prever o futuro, dizer qual será a altura certa ou quando a crise vai desaparecer e se continuar à espera pode perder boas oportunidades. A melhor altura para comprar uma casa é quando está preparado para isso e encontra a casa ideal para si e para a sua família. Claro que o conceito de casa ideal também não é fácil e muitas vezes na sua procura perdem-se rumos e perspetivas. Tomam-se decisões erradas, algumas delas precipitadas e para evitar tudo isso deixamos-lhe estas dicas para conseguir a casa perfeita para si. Com organização e planeamento, ideias claras e estruturadas, tudo lhe vai parecer mais fácil e vai poder disfrutar em pleno da sua procura.

 

1- Defina prioridades e use-as como método de seleção inicial

Antes de começar a ver casas, pense no que é prioritário para si e para a sua família numa casa. Aquilo que não quer abdicar em detrimento de outras desvantagens. Nenhuma casa vai ser perfeita, nem cumprir todos os requisitos que pretende, nem ser à sua imagem e semelhança. Nem aquelas que são construídas de raiz o conseguem, quanto mais as já existentes.

Agora pode procurar entender o que para si e para a sua família é indispensável e usar essas prioridades como forma de triagem inicial. A prioridade é a exposição solar, ter muita luz? Ou é a localização, perto de transportes e serviços? Ter chão de madeira ou ter lareira? Uma sala grande ou uma cozinha enorme? Armários embutidos ou uma dispensa? Coloque tudo numa lista e depois selecione os três indispensáveis.

Tenha sempre isso presente e faça desde logo uma pré-seleção das casas que não cumprem esses requisitos que definiu como prioritários, riscando-as de serem uma opção. Assim evita desperdício de tempo a ver casas que nem têm para si aquilo que é indispensável. Aconselhamos a três requisitos para eliminação mas outros fatores vão ser tidos em consideração para comparação entre imóveis. Se quiser pode elevar o número mas saiba que quanto mais prioridades definir mais difícil será encontrar a sua casa ideal e mais possibilidades serão riscadas.

Quando já estiver a ver casas, pode aperceber-se que não ponderou bem as prioridades. Afinal de contas, o ter elevador era um indispensável, por exemplo. Não tem mal! Redefina os seus requisitos e faça a pesquisa em função disso. Enquanto não comprar casa, vai sempre a tempo de reajustar aquilo que pretende para si e para a sua família!

 

2- Seja metódico e abrangente na pesquisa

Elabore uma listagem que sirva como método de trabalho e orientação da sua pesquisa, onde regista os sites onde procura casa e a data da última pesquisa. Inclua por exemplo, sites de imobiliárias e a última vez que os consultou. Assim, evita estar a ver anúncios repetidos ou a tentar lembrar se já viu determinado anúncio ou não. Pesquisa a partir da última vez que viu.

Para além disso, importa ser abrangente na pesquisa. Não se resuma à internet. Existe um mundo lá fora e ainda há quem não coloque anúncios na internet. Vá à procura e aponte os números de contacto que aparecem nas casas que estão à venda ou pergunte em cafés se alguém conhece alguma casa para vender e não se esqueça dos anúncios nos jornais. Pode ser assim que encontre o que procura!

 

3- Registe tudo porque a memória falha

Depois de ver algumas casas, acredite, já não vai saber a quantas anda. Facilmente se perde a noção de qual é que tem o quê, confundem-se espaços, informações e por isso é preciso fazer um registo detalhado. Faça uma tabela ou uma checklist onde coloque as características da casa, desde dimensão, tipologia, preço, exposição solar, se tem marquise ou dispensa, nº de casas de banho, cozinha equipada e com o quê, etc. À medida que visita as casas, aponte nos respetivos espaços. Acredite que na hora de tomar a decisão, este registo vai ser fundamental.

 

4- Leve fita métrica

Não, não é cedo para tirar medidas, se já tiver mobília sua. Comprar casa é um grande investimento e a menos que não queira aproveitar o que já tem, com certeza não vai querer gastar balúrdios para decorar de novo a sala, quartos, escritório e cozinha. Portanto convém que a mobília encaixe na nova casa. Leva as medidas de tudo e confirme se cabem.

Se até agora sempre viveu numa casa alugada já mobilada, não se preocupe com esta questão. Terá toda a liberdade para mobilar e decorar a casa nova sem limitações.

 

5- Tire fotos e não tenha vergonha para de pedir para o fazer!

Mesmo quando se apaixona por uma casa, é possível que se esqueça de alguns detalhes. Por isso não tenha vergonha e peça para tirar fotos ou mesmo fazer um vídeo para que no momento de decisão possa rever a casa, sem que a memória lhe traia e a escolha seja mais emocional do que racional.

 

6- Seja minucioso. Veja tudo!

E veja com olhos de ver. Procure defeitos visíveis como fissuras ou sinais de humidade. Não tenha pudor de ver e comprovar tudo o que puder. Abra gavetas, armários, janelas, portas, arraste móveis, veja o estado das paredes e do tecto! Esta será muito provavelmente a maior compra da sua vida e não vai querer ter um desgosto ou uma surpresa inesperada. Abuse das perguntas, faça as visitas que entender ser necessárias e demore-se o tempo que precisar para ter a certeza que encontrou a sua casa ideal ou para a descartar, na mesma medida.

 

7- Visite a casa em diferentes dias e horários

Tente visitar a casa em diferentes horários para perceber melhor a vivência da casa mas também o seu ambiente exterior. É um local sossegado ou à noite é barulhento? É movimentado ou nota um ambiente estranho? É frequentado por famílias ou é uma zona de estudantes? E a casa? Tem um bom isolamento acústico? Os vizinhos parecem pacíficos, sem nada a apontar? Todos estes aspetos contam e se numa casa alugada durante um ano muitos são suportáveis numa casa onde se espera viver uma vida podem ser razão de verdadeiro desespero.

 

8- Pense a longo prazo

Um dos erros mais comuns é procurar uma casa que cumpre as necessidades do presente sem perspetivar o futuro. Mais tarde, quando por exemplo se pensa ter filhos, pode já não ser suficiente para toda a família. Se a questão é não ter viabilidade económica para uma casa maior, mais vale esperar mais alguns anos para tomar a decisão de compra e continuar numa casa alugada ou então procurar um imóvel numa zona mais barata.

 

9- Pondere bem a localização

Pense em quanto tempo vai demorar nas viagens de casa para o trabalho, de casa para a escola das crianças ou de casa para a casa dos pais e pense em quantas vezes faz essas viagens. Será que lhe compensa essa localização do imóvel? Será que o dinheiro que vai poupar na compra da casa não o vai gastar em tempo e combustível?

 

10- Confirme todas as informações

Confirme os dados todos relativos à habitação nas finanças e no cartório do registo predial. Este pequeno cuidado pode poupar-lhe muitas dores de cabeça. Com as dificuldades dos últimos anos, pode estar a comprar, sem saber, uma casa que está penhorada pelo Banco ou pelo Estado, por exemplo. Seja prudente e cauteloso, evite dissabores.

 

Esperemos que com estas 10 dicas, respire de alívio e disfruta em pleno da procura da sua casa. O truque é mesmo ser responsável, organizado e cuidadoso, o resto é saber sonhar. Vá atrás da sua casa ideal e seja feliz.

 

 

Preparamos especialmente para si uma Checklist para o ajudar a comprar casa! Para fazer download clique no botão abaixo!

botão_eop

_________________________________________________________________________________________________________________

Para conhecer os nossos imóveis clique no botão abaixo!

logo