Investir em imóveis: descubra o que precisa e o que é melhor para si!

investir em imóveis

Investir em imóveis é algo que, a certa altura, todos ponderamos, seja para viver e usufruir ou para os rentabilizar. “Quem casa, quer casa”, ouvimos dizer: mas que tipo de casa? É melhor arrendar ou investir e comprar? Moradia ou apartamento? O perfil dos portugueses que procuram casa é muito oscilante. Depende de critérios como a constituição do agregado familiar e a faixa etária, os quais determinam a tipologia, o preço e a localização do imóvel pretendido. E se eu quiser investir para rentabilizar, o que é melhor? Antes de investir em imóveis, para rentabilizar ou habitar, saiba o que melhor se adequa ao seu perfil e o que é melhor para o que pretende. Com este artigo, as dúvidas ficam esclarecidas e vai descobrir o que é melhor para si.

 

Arrendar? Comprar casa é um melhor investimento!

Já aqui desmistificamos o mito de comprar casa para uma vida e explicamos que existem várias soluções para o caso de não querer mais viver nela. Aliás, acreditamos que uma das razões para comprar casa pode ser a de não desperdiçar mais dinheiro com o arrendamento. Por isso, investir em imóveis sim, comprar casa é uma excelente decisão.

Se aprecia, acima de tudo, a liberdade de transformar uma casa para que fique exatamente ao seu gosto, vai adorar ter uma casa sua, poderá renová-la quando e como quiser. É necessário colocar aquecimento em casa? A decisão é sua! Está na hora de pintar as paredes? É só escolher a tinta certa! Comprar a sua casa dá-lhe a possibilidade de a modificar de acordo com as suas necessidades, e as da sua família, ao longo dos anos. E quando, se por alguma razão, a casa já não for a ideal para nela continuar a viver, pode vendê-la ou arrendá-la, soluções não faltam. Não se apoquente com isso, uma casa sua é património seu, que pode ser tão rentável, quanto quiser.

 

Moradia para uns, apartamento para outros!

 

Moradia: para famílias que valorizam a privacidade e a liberdade de viver conforme as suas próprias regras. Famílias que prezam espaços de lazer exteriores, para andar de bicicleta, fazer churrascos, jardinagem ou para brincadeiras com os cães. Gosta de dar festas em casa? A moradia permite receber convidados sem se preocupar com o barulho. Aprecia viver em zonas mais periféricas e silenciosas? Uma casa com jardim, na periferia da cidade, dá-lhe o silêncio desejado, próximo do movimento citadino. Não gosta de elevadores? Nesse caso, a moradia é uma excelente opção. Antes de investir em imóveis, devemos pensar em pequenos detalhes que, no dia a dia, podem assumir proporções maiores.

 

Apartamento: para pessoas práticas, que não querem dedicar muito tempo à casa, preferindo sair e aproveitar a vida lá fora. O apartamento é ideal para quem mora sozinho e, não necessitando de muito espaço, prefere divisões mais pequenas e aconchegantes. Se pretende investir em imóveis e preza uma maior sensação de segurança e uma rede de vizinhança tendencialmente mais próxima, um apartamento adequa-se ao seu perfil.

 

Quero um rendimento extra, como posso arrendar o meu imóvel?

 

Curto prazo: na prestação de serviços de hospedagem, o rendimento é mais elevado. No entanto, o risco associado também o é: a taxa de ocupação nem sempre está garantida, o que exige maior dedicação por parte do proprietário – trata-se de um negócio que, como todos os outros, requerem investimento de tempo e dinheiro. Se o seu objetivo é investir em imóveis com o fim de prestar serviços de hospedagem, os encargos com o mobiliário e a decoração são da sua responsabilidade, assim como os custos da água, luz, gás e internet. Na gestão de um negócio destes, é aconselhado o conhecimento de línguas, para comunicar facilmente com os turistas, e o gosto em socializar com estrangeiros.

 

Longo prazo: se pretende investir em imóveis tendo em vista o clássico arrendamento urbano, saiba que o rendimento, embora menor, é mais estável e certo: a taxa de ocupação está, à partida, garantida. Também não é obrigatório investir em mobiliário, decoração e os custos com água, luz e gás estão a cargo do inquilino. O tempo exigido por este tipo de arrendamento é muito menor, pelo que se não pretende que o seu investimento lhe ocupe muito tempo, opte por arrendar o imóvel a um inquilino de longo prazo.

 

________________________________________________________________________________________________________________

Na ExcellentOpportunity temos vários especialistas que o podem aconselhar, sem compromisso.

Se pretende comprar ou vender um imóvel, esclareça as suas dúvidas connosco, nós ligamos para si!

botão_eop

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *