Dicas Para Poupar No Crédito Habitação!

poupar-credito-habitação

Poupar no Crédito Habitação nem sempre é tarefa fácil e é preciso estar constantemente a par de todas as condições. São tantos os critérios que determinam a escolha de um crédito habitação e para o ajudar iremos abordar certos pontos-chave que lhe permitirão poupar dinheiro no início do contrato.

Em primeiro lugar temos a escolha da instituição bancária e existe um conjunto de fatores que devem pesar na sua consideração:

  • Taxa Anual Efetiva

Representa o total do custo do empréstimo (como a Euribor, o Spreed e outros custos), o que significa que quanto mais baixa melhor, mais está a poupar!

  • Spread

É uma palavra estranha de facto e muitas vezes é o fator que mais pesa no momento da escolha. Contudo existem muitos outros fatores importantes a ter em consideração. Em verdade, esta taxa representa a rentabilidade e o risco assumido pelo banco no momento na prestação do serviço, ou seja, do crédito.

  • Euribor

Aqui há que decidir se escolhe uma Euribor a 3, 6 ou 12 meses. Mesmo que de uma forma mais subtil, quanto menos o prazo da Euribor, menor o seu valor. Em contrapartida, como é revista com mais frequência devido ao curto prazo, qualquer descida ou subida é rapidamente sentida.

  • Aderir a outros produtos

Óbvio que as melhores taxas vêm sempre associadas a uma maior adesão de produtos disponibilizados pela instituição. Mas não se iluda! É preciso perceber se de facto compensa aderir a este ou àquele produto. Muitas vezes, as tão apetecíveis taxas baixas implicam encargos adicionais. Faça bem as contas!

  • Entrada Inicial

Uma entrada inicial significativa contribui sempre para uma diminuição do valor total do crédito e das prestações. Terá essencialmente benefícios ao nível da taxa de juro. Se conseguir uma entrada inicial de aproximadamente 10% do valor da habitação, é o ideal! Caso não consiga, é melhor ponderar adiar essa decisão para uma altura mais favorável.

  • Amortizar

Sempre que puder! Duas boas sugestões para o fazer são pela altura do subsídio de Natal e de Férias. Terá benefícios de redução de prazo e juros.

  • Mas afinal quando é a melhor altura para comprar casa?

É uma boa pergunta, mas não há uma resposta certa! O melhor é estar atento e aguardar por alturas desvalorização das habitações ou melhores condições de crédito, o que bem sempre é fácil tendo em conta a situação económica do país e a incerteza dos mercados.

Para poupar, faça uma atenta pesquisa do mercado, compare todos os encargos e negoceie sempre as condições.

Gostava ser contactado pela Excellent Opportunity? Clique aqui:

botão_eop

_______________________________________________________________________________________________________________

Para conhecer os nossos imóveis clique no botão abaixo!

logo