Investimento Imobiliário: Conheça Novos Benefícios Fiscais!

Investimento Imobiliário

Investimento imobiliário é uma área em que pretende apostar? Este é o momento certo. Além de 2017 se ter revelado um ano excecional no que diz respeito à aquisição de imóveis, o Governo aprovou um conjunto de benefícios fiscais para os proprietários. As medidas integram o programa “Nova Geração de Políticas para Habitação” e estão inscritas na proposta de Orçamento do Estado para 2018.

Se a sua intenção é investir em imóveis para arrendar, saiba de que vantagens pode usufruir.

 

Incentivos fiscais para quem aposta no investimento imobiliário

 

  1. Isenção fiscal em contratos de arrendamento

A carga fiscal sobre os rendimentos provenientes de imóveis constitui um entrave para quem pretende comprar casa para arrendar. Com o objetivo de fomentar o investimento imobiliário em Portugal, o Executivo aprovou um conjunto de medidas que visa beneficiar os senhorios e ajudar os inquilinos.

  • Os proprietários que pratiquem rendas acessíveis beneficiarão de isenção fiscal “relativamente aos rendimentos prediais decorrentes do arrendamento de imóveis ou frações em regime de arrendamento”. Ou seja, não terão de pagar qualquer imposto sobre as rendas desses mesmos imóveis.
  • Além da isenção de IRS e IRC, os prédios inseridos no Programa de Renda Acessível estarão também isentos do pagamento do imposto municipal (IMI).
  • Para os proprietários que pratiquem rendas no regime livre ou a preços de mercado, a taxa liberatória fixada atualmente nos 28% deverá sofrer uma redução. Esta medida é dirigida às famílias jovens de classe média que, devido à subida acentuada das rendas, têm sérias dificuldades em encontrar habitação. A iniciativa é válida por dois anos e só é aplicável a contratos que tenham duração de cinco ou mais.

 

  1. Isenção de IMI para reabilitação urbana

O investimento imobiliário direcionado para a reabilitação de edifícios ou imóveis em centros urbanos é responsável por parte do boom imobiliário a que sem tem assistido em Portugal.

Para que esta prática não abrande, o Governo contemplou na proposta de OE2018 “a isenção de IMI para prédios urbanos ou frações autónomas que venham a ser reabilitados e colocadas no mercado de arrendamento permanente ou para habitação própria”.

Esta isenção tem um período de três anos (após conclusão das obras de reabilitação), podendo ser estendida por mais cinco. Os imóveis podem contar com a redução de várias taxas e a isenção do Imposto Municipal sobre Transmissões Onerosas (IMT).

Para serem abrangidos, os edifícios terão que ter mais de 30 anos ou estar localizados em zonas de reabilitação urbana.

No que respeita a lojas localizadas em zonas históricas, diz o Executivo que ficarão isentas do pagamento de IMI. Beneficiarão ainda da dedução das despesas de obras, que passarão a ser “consideradas em 110% no lucro tributário apurado”.

 

Se pretende fazer um investimento imobiliário, tenha em consideração este pacote de benefícios fiscais. Funcionam como um incentivo para quem se está a iniciar no mundo dos imóveis em Portugal. São também um estímulo para quem faz do investimento imobiliário a sua atividade principal.

Pretende obter mais informações sobre compra e venda de imóveis? Contacte-nos. Na Excellent Opportunity, temos profissionais disponíveis para o aconselhar.

 

________________________________________________________________________________________________________________

Na ExcellentOpportunity temos vários especialistas que o podem aconselhar, sem compromisso.

Se pretende comprar ou vender um imóvel, esclareça as suas dúvidas connosco, nós ligamos para si!

botão_eop