Investimento imobiliário para comércio atinge valor recorde!

Investimento imobiliário

O investimento imobiliário destinado ao comércio cresceu 50% no ano passado, atingindo os 1.900 milhões de euros em Portugal. O incremento foi impulsionado, sobretudo, pela compra de escritórios e de espaços destinados ao retalho. A abertura de novas plataformas comerciais e o setor industrial/logístico deram também um importante contributo.

De acordo com a consultora JLL, responsável pelo estudo “Market 360º”, atingiu-se um valor recorde, sendo que o crescimento em relação a 2016 foi de 50%. Espera-se que em 2018 o volume de investimento ascenda os 2.500 milhões de euros.

Tal como referimos em artigos anteriores no nosso blog, são muitas as razões para investir em imóveis para comércio e serviços, quer se trate de escritórios, lojas de rua ou armazéns. A compra de espaços para negócios tem múltiplas vantagens associadas.

Mas não é só o ramo empresarial que está em expansão. A tendência que se tem verificado no investimento imobiliário comercial acompanha o crescimento registado na habitação. Ambos os setores beneficiaram com a diminuição das taxas de juro e com a queda significativa dos spreads praticados pelos bancos na conceção de empréstimos.

A crise que se iniciou em 2008 conduziu a uma queda do investimento imobiliário. Nos últimos anos, os efeitos atenuaram e o mercado entrou novamente em ascensão. Os portugueses aperceberam-se de que as prestações do crédito à habitação representam um esforço financeiro menor do que o arrendamento. Por essa razão, registou-se um aumento da procura de imóveis para venda.

 

Investimento imobiliário em alta: Mais casas vendidas, preços elevados

 

No ano 2017, venderam-se mais casas e praticaram-se preços mais elevados. Segundo um relatório do Global Property Guide, Portugal ficou entre os 17 mercados onde o investimento imobiliário mais cresceu.

O preço por metro quadrado subiu significativamente em todo o território nacional. Em Lisboa, a subida foi de 36,92% no período de um ano (em dezembro passado, cada metro quadrado custava 2.796 euros). No Porto, por sua vez, o aumento foi de 23,67%, dá conta o Índice de Preços da Habitação medido pelo Idealista.

Ao avaliar a evolução do investimento imobiliário em Portugal, há que ter em conta que um quarto das casas compradas em 2017 foi para as mãos de cidadão estrangeiros, principalmente brasileiros e franceses.

O cenário atual não deixa margem para dúvidas: o setor imobiliário está mais atrativo do que nunca. Há muitos anos que investir em imóveis em Portugal não se revelava uma aposta tão segura e promissora.

Atualmente, a rentabilidade é garantida. 2018 Promete ser um ano excecional para investir em imóveis. Não deixe escapar a oportunidade!

 

________________________________________________________________________________________________________________

Na ExcellentOpportunity temos vários especialistas que o podem aconselhar, sem compromisso.

Se pretende comprar ou vender um imóvel, esclareça as suas dúvidas connosco, nós ligamos para si!

botão_eop